• Colo Cumaru

Poesia entra para o receituário de autocuidado

Estudos mostram que poesia pode ser um remédio para a saúde mental.


Amar


Quem não morou em seu poço, quem nunca assistiu a cena

de amor do sol despindo a manhã, quem não ouviu seus

trovões antes dos seus silêncios

não pode amar.


Quem não experimentou suas fronteiras

e se lançou em seus abismos não pode amar.


Amar é voar

sem asas.


Ana Claudia Quintana Arantes

Escritora e médica


Recentemente, a CNN publicou uma matéria sobre os benefícios da leitura, da escrita e mesmo de escuta de poesias para a saúde mental. O texto fala de artigos e estudos realizados nos Estados Unidos, nos últimos anos, que demonstram o poder que a palavras podem exercer sobre as pessoas em tempos delicados, difíceis. O autocuidado está onde menos se imagina.


No Brasil, a geriatra, médica paliativista e também escritora, Ana Cláudia Quintana Arantes, já receita poesia para seus pacientes há muito tempo. “As palavras encontram seu poder quando chegam ao lugar que devem estar. E podem ser carinhos. De longe, os dedos escolhem as letras para versos ou prosas, mas é na pele que esses toques descobrem o que querem dizer. As palavras podem tocar a pele de leve, dando arrepios. Podem aquecer o peito e despertar um sorriso esquecido”, fala, com comentar sobre seu livro de poesias ’Linhas Pares’ (Scortecci Editora)”.



Lápis sobre moleskini em branco sobre mesa
Foto: Jan Kahánek (Unsplash)

A poesia também está presente em um projeto criado por ela durante o período mais severo da pandemia, em que todos ainda permaneciam isolados. No “Comunidade Gente Boa”, as pessoas se reúnem com Ana Cláudia, aos domingos, por 30 minutos, para um intercâmbio sobre música, poesia, literatura e sobre muitas outras coisas boas.




Com a internet oferecendo a possibilidade de acesso a uma diversidade de sites com conteúdos sobre poetas consagrados brasileiros e em vários idiomas, é possível pensar em várias atividades de leitura para pessoas que necessitam de cuidados especiais ou mesmo para aqueles que necessitam de pausas e cuidado em suas rotinas desgastantes.


O Colo que dá colo: neste site da Unicamp você encontrará a links de acesso a outras bibliotecas, bibliografias.


14 visualizações0 comentário