top of page
  • Colo Cumaru

Cuide de si para cuidar do outro.

O olhar do Colo de Cumaru está voltado para o cuidar de quem cuida. Como uma linha que une os tecidos de um trabalho de patchwork , o autocuidado é um assunto que costura as nossas ações.


Em recente artigo publicado em seu blog, a médica Ana Cláudia Quintana Arantes, fala sobre a importância de cuidar de si para cuidar do outro.


Gostamos tanto do texto, que o reproduzimos abaixo.


Esperamos que, assim como nós, você desfrute da sua leitura.


Colo de Cumaru

 

Homem sentado à beira do mar meditando
Foto: arquivo Wix

Antes de cuidar do outro, é preciso cuidar de si.

(texto publicado no blog em 16/05/2023 )


Segundo as definições do dicionário, a palavra AUTOCUIDADO refere-se a um conjunto de ações que cada um de nós exerce para nos cuidarmos, a fim de atingirmos melhor bem-estar e qualidade de vida. E isso vai muito além da saúde física: também abrange aspectos psicológicos, familiares, sociais e espirituais.


A maneira que cada um encontra de alcançá-lo é muito particular: para isso, deve-se levar em conta objetivos, desejos, prazeres e interesses. Nosso autocuidado deve estar alinhado no que faz sentido para nós. Pode ser uma caminhada no fim do dia, um passeio com seu animalzinho de estimação, a prática de meditação ou qualquer outro detalhe que te arranque um sorriso no rosto.


Prezar pelo nosso autocuidado é um ato de coragem.


A questão do autocuidado deve ter um lugar especial na vida de profissionais de saúde e de pessoas que cuidam de quem está doente. Por vezes, estamos tão imersos naquele contexto tão difícil, que acabamos deixando as nossas demandas de lado.


Só que para oferecermos o melhor de nós, precisamos estar bem com o nosso eu interior. Há situações em que é inevitável sentir-se triste, ansioso (a), com medo ou frustrado (a), afinal, estamos lidando com a vida das pessoas, suas histórias, diagnósticos, tratamentos e valores.


Por que há dias que nem tudo sai como o esperado, não é? Mas precisamos minimizar os danos e isso começa dentro de nós. Faça uma lista de quem você ama, e medite estes votos em cada um dos nomes listados:


. Que esse ser se livre de todas as causas de sofrimento (isso possibilita que essa pessoa se livre de você, caso você o faça sofrer)

. Que esse ser encontre todas as causas da felicidade (isso possibilita que essa pessoa encontre melhores motivos para ser feliz que não seja estar ao seu lado)

. Que esse ser tenha lucidez instantânea

. Que esse ser se liberte de todas as estruturas de medo e culpa

. Que esse ser encontre uma forma de ser instrumento para o bem de outros seres

. Que através disso, esse ser encontre sua sustentação de Força, Amor e Luz nessa existência.


Fique dentro da Paz após meditar tudo isso. Se os seus votos forem realmente verdadeiros, todas as pessoas que realmente forem amadas por você, permanecerão sempre ao seu lado. Para sempre mesmo.


Caso o seu nome não esteja em primeiro lugar nessa lista de pessoas amadas há algo muito errado com a sua vida: ame ao próximo como a si mesmo. Capriche na letra.


É o que tenho aprendido por aqui…


ACQA.

Médica, escritora, professora e palestrante.

Formada pela USP com residência em Geriatria e Gerontologia no Hospital das Clínicas da FMUSP. Pós-graduada em Psicologia – Intervenções em Luto pelo Instituto 4 Estações

de Psicologia. Especialização em Cuidados Paliativos pelo Instituto Pallium e pela Universidade de Oxford.



61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page