• Colo Cumaru

O poder da vulnerabilidade, uma TEDx que continua atual

Atualizado: 8 de set.

Com quase 60 milhões de visualizações, a palestra de Brené Brown continua estimulando pessoas a olhar para a sua vulnerabilidade.


Pode ser que você, assim como eu, esteja entre as milhões de pessoas que assistiram à TEDx* de Brené Brown uma ou mais vezes (vídeo ao final do texto). Ou talvez, ainda não tenha tido a chance de assistí-la. Estando em qualquer um dos grupos, sugiro que veja ou reveja a pequena palestra da assistente social, professora e pesquisadora da Universidade de Houston (Estados Unidos) e entenda o poder de reconhecer-se imperfeito.


A TEDx de Brené Brow, gravada em 2010, é uma das mais vistas até hoje. A palestra, com 20 minutos de duração, também pode ser vista na Netflix, encontrada no menu de documentários com o título de “A Call to courage” (um chamado à coragem, na tradução livre).


Por outro lado, descobriu, também, que havia pessoas para as quais a que a palavra vergonha estava longe de constar em seus vocabulários. Ao contrário, para elas, mérito era a palavra que fazia sentido. Assim, Brené Brown se pôs a investigar o que separava o primeiro do segundo grupo e entendeu as pessoas com sentido de mérito são aquelas que “têm um grande sentido de amor e integração e acreditam que são dignas desse amor e integração”.


Indo mais à fundo na busca de encontrar o padrão comum a essas pessoas com profundo sentimento de mérito, a pesquisadora finalmente compreendeu que “o que elas tinham em comum era um sentido de coragem... [...] Elas tinham, simplesmente, a coragem de ser imperfeitas”.


Compaixão e autocuidado


O trabalho de Brené Brown, avança mostrando que essas pessoas corajosas, imperfeitas, antes de tudo, tinham autocompaixão e eram gentis consigo mesmas primeiro e, só depois com os outros. Em outras palavras, é o nosso cuidar de quem cuida.


É pedir colo, quando necessário. É respirar por um minuto quando as coisas se complicam. É dizer: “não dou conta”. Ou talvez, parar o que se está fazendo, deixar o ambiente e tomar um copo de água. Ou mesmo olhar para o seu colega ou para um membro da família e, com o olhar dizer: “posso lhe ajudar?”. É isso e muito mais.


Árvore resiste em meio a uma ventania.
Foto: Khamkeo Vilaysing


É colocar-se vulnerável. A vulnerabilidade não é algo agradável, confortável, mas é poderosa e nos permite ir ao encontro da nossa humanidade. Isso nos transforma. Transforma o mundo ao nosso redor.


Juliana Toscano

Aquela que dá colo

Jornalista

PaliAtivista

Sentinela – Guardiã de Fim de Vida



 



Livros de Brené Brown editados em português


1. A coragem de ser você mesmo

2. A arte da imperfeição: Abandone a pessoa que você acha que deve ser e seja você mesmo

3. Eu achava que isso só acontecia comigo: Como combater a cultura da vergonha e recuperar o poder e a coragem

4. A coragem para liderar: Trabalho duro, conversas difíceis, corações plenos

5. Mais forte do que nunca: Caia. Levante-se. Tente outra vez.

6. A coragem de ser imperfeito


 

Vídeo da TEDx com legendas em português.




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo